495 – A Hora do Espanto (1985)

Fright Night

1985 / EUA / 106 min / Direção: Tom Holland / Roteiro: Tom Holland / Produção: Herb Jaffe, Jerry A. Baerwitz (Produtor Executivo) / Elenco: Chris Sarandon, William Ragsdale, Amanda Bearse, Roddy McDowall, Stephen Geoffreys

 

Outro dos meus filmes preferidos da infância. Clássico da Sessão da Tarde. A Hora do Espanto é o típico filme de terror adolescente dos anos 80 com vampiros, e uma verdadeira homenagem ao gênero. E uma prova cabal de que essa lista do blog é extremamente pessoal, pois o filme não é uma maravilha do horror, longe disso, mas tem um baita valor sentimental, sendo que uma das propostas destes textos era exatamente compartilhar isso com vocês.

Toda a trama e os pequenos detalhes que compõe a produção são incríveis. Para começar o fato de A Hora do Espanto ser o nome de um programa de televisão, apresentado por Peter Vincent (analogia aos atores Peter Cushing e Vincent Price), dedicado a passar clássicos filmes de terror da década de 50 e 60, em que Peter é o protagonista da maioria, e que são na verdade paródias dos filmes da Hammer. Depois todos os clichês do gênero estão lá, como cruzes, alho, espelhos, água benta e a necessidade de convidar o morto-vivo para entrar na sua casa. E ainda foi responsável por reviver os filmes do gênero, que depois das produções da Hammer com Christopher Lee até os anos 70, havia caído no ostracismo, além de modernizar (nos padrões anos 80, claro) a criatura.

No enredo, Charley Brewster é um adolescente pacato do subúrbio, vidrado em filmes de terror, que vê sua vida virar uma história de horror quando o vampiro charmosão Jerry Dandrige (interpretado por Chris Sarandon) muda-se para a casa ao lado junto com seu carniçal Billy Cole. Uma série de assassinatos começam a ser noticiados na cidade, e logo Charley passa a desconfiar da identidade sobrenatural do novo vizinho, até pegá-lo no flagra chupando o pescoço de uma vítima e enfiando seu corpo em um saco de lixo. A polícia não acredita em Charley, nem sua mãe, nem sua namorada Amy, e nem seu amigo maluquinho Evil Ed.

O grande matador de vampiros????

Então a única forma de conseguir ajuda é ir atrás de Peter Vincent, o grande caçador de vampiros, interpretado por Roddy McDowall (o eterno Cornelius de O Planeta dos Macacos). Porém, Vincent é um decadente e medroso ator, que acabou de ter seu programa cancelado porque ninguém mais acreditava em vampiros naqueles dias, e os jovens apenas estavam interessados em assassinos com máscara de hóquei que ficam correndo atrás de garotas virgens (espetando os filmes slasher tão comuns na década). Após Jerry transformar seu amigo e sua namorada, resta a Charley e o caçador de mentira enfrentarem o vampiro mor.

A maquiagem de A Hora do Espanto é bem interessante, principalmente no que se diz respeito às transformações, tanto de Jerry, quanto de Amy ao se tornar uma cafetina das trevas. Mas de todas, a que mais chama atenção é quando Evil Ed ataca Vincent na forma de lobo, e sua dolorosa volta à forma humana quando é atingido por uma estaca em seu coração. Esses efeitos de maquiagem por sinal são criação de Richard Edlund, o mesmo de Os Caça-Fantasmas. Também vale prestar atenção nas atuações de Sarandon, que apesar de ser um vampiro cruel, também é bastante sarcástico, arrogante e se delicia com a inocência dos demais personagens e o jogo de gato e rato que emprega com Charley. E claro, de McDowall, ótimo com sua capa e maleta de caçador de vampiros, expressão de medo em quase todas as cenas, e seu apartamento cheio de tranqueiras usadas em seus filmes, com direito a um pôster de Bela Lugosi, afirmando sempre a homenagem prestada por Tom Holland em sua estreia como diretor.

Ganhou uma sequência bem inferior em 1988 e um remake, atualizando a história para a nova geração em 2011, com Anton Yelchin como Charley e Colin Farrel, canastríssimo, como Jerry. E por pior que pareça, o remake não é tãããããão ruim não. Ainda mais pensando que vivíamos um momento em que vampiros são transformados em emos assexuados graças a Saga Crepúsculo, essa nova versão é bastante sangrenta e resgata antigos valores vampirescos, com história do próprio Holland. Foda é o Peter Vincent à la David Blane, mas aquele tipo de personagem não encaixava mais para a molecada de hoje em dia.

Vem, dá um beijinho aqui, dá!

Serviço de utilidade pública:

Compre o DVD de A Hora do Espanto aqui.

Download: Torrent + legenda aqui.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=YnRDxEE3PEI]


Marcos Brolia
Marcos Brolia
Jornalista, editor e idealizador do 101HM, é fanático por filmes de terror (ah, vá!) desde que se conhece por gente, dos classudos aos mais bagaceiras. Adoraria ter um papo de boteco com H.P. Lovecraft e virar um shot toda vez que ele falasse a palavra “indizível”.

19 Comentários

  1. […] a recuperar esse ar de “terrir” somente nos anos 80 com fitas como A Volta dos Mortos-Vivos, A Hora do Espanto e Uma Noite Alucinante. O sucesso foi tão grande que ganhou uma continuação no ano seguinte: A […]

  2. […] com o detetive da divisão de homicídios Mike Norris (Chris Sarandon, o vampiro bonitão de A Hora do Espanto) perseguindo Lee Ray, ferindo-o e encurralando-o em uma loja de brinquedos. À beira da morte, sem […]

  3. […] completar, temos também as grandes atuações de Roddy McDowall (o memorável Peter Vincent de A Hora do Espanto) e Gayle Hunnicutt, principalmente quando ela é possuída pela força sexual perversa da casa e […]

  4. Luis disse:

    Marcos, link quebrado também.

  5. Ërick Seixas disse:

    Muito bom esse filme , o começo eu sempre acho um pouco chato mas depois fica sensacional vale a pena assistir.

  6. Paulão Geovanão disse:

    Cadê “Ghoulies”?

  7. Celle disse:

    Adoro esse filme. É muito divertido! Não tem como não amar o Peter Vincent de Roddy McDowall.

  8. Marcus Vinícius disse:

    Vi esse filme quando criança também, e não acredito que um dia aquela vampira bocuda me encheu de medo; pois hoje não tem como não rir daquilo.

  9. […] frame da película, é mais um “terrir” vampiresco da década (que tem como seu maior exemplo A Hora do Espanto), que viria até a servir de muita influência para produções vindouras, como obviamente, Um […]

  10. […] com o detetive da divisão de homicídios Mike Norris (Chris Sarandon, o vampiro bonitão de A Hora do Espanto) perseguindo Lee Ray, ferindo-o e encurralando-o em uma loja de brinquedos. À beira da morte, sem […]

  11. […] clara A Hora do Espanto 2, continuação de um dos filmes mais legais de vampiros dos anos 80, A Hora do Espanto, dirigido por Tom Holland e lançando três anos […]

  12. […] (Jane Sibbett) é esposa de Charles Dexter Ward (Chris Sarandon, o vampiro bonitão de A Hora do Espanto) que procura pelo detetive particular John March (John Terry) para que ele descubra o que seu […]

  13. Anita Reis disse:

    Amo de paixão esse filme, ainda sou louca pelo vampiro Jerry que Chis Sarandon interpretou, nota 1.000 para o charme dele, principalmente na cena envolvente da Boate (aquela mão na perna em 1985 foi um escândalo kkkkk) e da mordida, na casa do Jerry, aquela trilha sonora me deixa hipnotizada.

  14. […] pelo próprio Stephen King e pelo diretor Tom Holland (aquele mesmo de Brinquedo Assassino e A Hora do Espanto), baseado no seu conto homônimo, “Os Langoliers”, publicado na coletânea “Depois da […]

  15. Paulo Gueiral disse:

    Roddy Mcdowall pegou tds os trejeitos e expressões do Grande Dr Smith do Perdidos n Espaço …. sera q só EU notei hehehehehehh

  16. ticoololdman disse:

    Definitivamente tem um valor sentimental pra mim.Assisti novamente hoje, e me diverti muito! Ótima sessão pipoca!

  17. […] VAMPIRE KILLER, interpretado pelo inesquecível Roddy McDowell, no clássico oitentista de vampiros A Hora do Espanto, dirigido pro Tom […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *