595 – Contos da Escuridão (1990)

tales-from-the-darkside-movie-poster

Tales from the Darkside: The Movie

1990 / EUA / 93 min / Direção: John Harrison / Roteiro: Michael McDowell; George A. Romero (Baseado nos contos de Arthur Conan Doyle e Stephen King) / Produção: Mitchel Galin, Richard P. Rubinstein; David R. Kappes (Coprodutor) / Elenco: Deborah Harry, Christian Slater, David Johansen, William Hickey, James Remar, Rae Dawn Chong, Matthew Lawrence, Steve Buscemi, Juliane Moore

 

Contos da Escuridão é mais um filme que segue a linha daquelas famosas antologias de contos de terror, inspirado na série homônima, “Tales from the Darkside”, exibida na TV americana de 1983 a 1988, que na verdade parece mais uma espécie de continuação não oficial de Creepshow – Show de Horrores e sua sequência, Creepshow 2.

Com o sucesso da parceria entre George A. Romero e Stephen King no filme citado de 1982, o produtor Richard P. Rubinstein e sua Laurel Pictures tiveram a intenção de levar o formato dos contos de terror para a telinha, transformando-o em uma série de televisão. Depois de inúmeras negociações e mudanças por conta dos detentores dos direitos dos filmes, a série acabou chamando-se a Tales from the Darkside, e seu sucesso credenciou o lançamento do longa metragem, baseado em alguns de seus episódios, trazendo praticamente a mesma equipe dos dois Creepshow e novamente o nome de Romero e King nos créditos.

Então temos três segmentos, um baseado em um conto de Sir Arthur Conan Doyle, outro em um conto (até então não publicado) de King e uma história “original”, conectados como pano de fundo por uma fábula ao melhor estilo “João e Maria” moderno, onde Betty (papel de Deborah Harry) prepara um jantar para seus amigos e o prato principal será o garotinho Timmy (Matthew Lawrence), que para ganhar um tempo e pensar em uma forma de escapar do cárcere e não virar rango começa a ler alguns contos de um livro com o mesmo nome do filme.

O primeiro, “Lot 249”, escrito por Michael McDowell inspirado na obra do criador de Sherlock Holmes, conta a história de um estudante de arqueologia, Bellingham (Steve Buscemi) que ao ser trapaceado pelo esnobe riquinho de uma fraternidade, Lee (Robert Sedgwick), ganhador de uma viagem para a Europa, decide se vingar dele e de sua namorada, Susan (debute de Juliane Moore nos cinemas), irmã de seu companheiro de quarto, Andy (Christian Slater), ressuscitando uma múmia, vinda dentro do tal lote 249, por meio do encantamento contido em um antigo papiro costurado no interior da criatura milenar.

Bem conservado

Bem conservado

O próximo segmento, o melhor sem dúvida nenhuma, e não só por ser escrito por Romero e inspirado na obra do Rei do Terror do Maine, é “Cat from Hell”, conto publicado somente em 2008 na coletânea “Ao Cair da Noite”, que traz um gato preto imortal que decide acertar as contas com o velho Drogan (William Hickey), dono de uma indústria farmacêutica que usou os felinos como cobaias de testes de um novo remédio e dizimou nada menos que 15 mil de sua espécie. Após matar sua irmã, uma amiga e o motorista, o velhaco contrata um assassino profissional, Halston (David Johansen) para eliminar o bichano. Mas não vai ser tarefa nada fácil. Destaque para a EMBLEMÁTICA cena do animal entrando e saindo pela BOCA do hitman. Efeitos especiais da trupe da K.N.B (Robert Kurtzman, Greg Nicotero e Howard Berger).

Churrasquinho de gato

Churrasquinho de gato

A última história é um conto de amor que termina em tragédia. “Lover’s Vow” nos apresenta Preston (James Remar), um artista plástico fracassado e falido que tem uma segunda chance na vida quando se depara com um demônio alado (bonecão feio de dar dó) em um beco escuro, que em troca de sua vida, pede para que ele nunca contasse o acontecido para ninguém. Na mesma noite, logo após o incidente ele conhece a misteriosa Carola (Rae Dawn Chong), com quem se casa, tem dois filhos e reconstrói sua vida artística. Eis que dez anos depois, ele dá com a língua nos dentes e resolve contar a verdade para a esposa. Claramente a trama também escrita por McDowell deve ter sido inspirada no conto folclórico japonês “A Mulher das Neves”, inclusive adaptado na antologia asiática As Quatro Faces do Medo.

Gárgula

Gárgula

Assim como o desenrolar da história de ligação de Contos da Escuridão remonta a “João e Maria”, o final não poderia ser diferente. Vale pelo registro, uma vez que tem nomes como Stephen King e George Romero envolvidos, algum gore aqui e ali, abuso da narrativa fantástica, e aquela sensação de saudosismo dos bons tempos em que alugávamos antologias de terror na locadora e assistíamos em VHS.

Adivinhe o que tem para o jantar?

Adivinhe o que tem para o jantar?

Serviço de utilidade pública:

O DVD de Contos da Escuridão não foi lançado no Brasil.

Download: Torrent + legenda aqui.

 

 


Marcos Brolia
Marcos Brolia
Jornalista, editor e idealizador do 101HM, é fanático por filmes de terror (ah, vá!) desde que se conhece por gente, dos classudos aos mais bagaceiras. Adoraria ter um papo de boteco com H.P. Lovecraft e virar um shot toda vez que ele falasse a palavra “indizível”.

9 Comentários

  1. Caralhooooo. Vi esse filme na band e essa história do “gárgula” nunca mais saiu da minha cabeça. Valeu pela postagem.

  2. Vinicius disse:

    Dizem que esse filme era pra ser efetivamente o creepshow 3, mas rolou alguma ziquezeira no meio do caminho. Eu pirava nesse contos da escuridão, assisti trocentas vezes na Band fez….E o final do conto da gárgula me deixou impressionado por um bom tempo.

  3. Diego Lobato disse:

    Acho que vc trocou as bolas o conto do gato de “Ao Cair da noite” é do King e não do Romero.
    A última vez que assiste esse filme foi no finado “Fim de noite” do SBT, quando ainda não passava séries nas madrus do SBT.

    • Não entendi Diego, mas eu sei que o conto é do King e foi isso que eu escrevi. Romero foi quem adaptou para o filme.

      Verdade, eu lembro que vi também uma vez em uma madrugada no SBT.

      Abs

      Marcos

  4. joão disse:

    a cena do gato na boca do assassino é excelente!preciso ver esse filme!!

  5. Cláudio disse:

    Link quebrado em quase todos os filmes do site. 🙁

  6. Adenilson disse:

    Cara, põe no mega ou em algum servidor. Tem que ser torrent???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: