604 – Louca Obsessão (1990)

Misery

1990 / EUA / 107 min / Direção: Rob Reiner / Roteiro: William Goldman (baseado na obra de Stephen King) / Produção: Rob Reiner e Andrew Scheinmann, Steve Nicolaides e Jeffrey Stott (Co-produtores) / Elenco: James Caan, Kathy Bates, Richard Farnsworth, Lauren Bacall

 

Taí uma das melhores adaptações de um livro de Stephen King. O ótimo Louca Obsessão sem dúvida é daquelas maravilhas que surgem de vez em quando perto de tantos filmes ruins baseados no texto do escritor do Maine.

Retirado do conto “Angústia”, publicado na compilação Depois da Meia-Noite (dá para baixar e ler aqui), Louca Obsessão tem como diretor Rob Reiner, que já havia filmado outra história do escritor antes, no clássico da Sessão da Tarde, Conta Comigo. E aqui nós vemos um trabalho excelente de direção, um roteiro enxuto e coeso, uma ótima fotografia (último trabalho de Barry Sonenfeld como cinematógrafo antes de se tornar diretor) e a cereja do bolo, que é o show de interpretação da até então desconhecida Kathy Bates, que levou o Oscar® de Melhor Atriz, assim como o Globo de Ouro.

Bates é Annie Wilkes, enfermeira fã número um do escritor Paul Shedon, vivido por James Caan. Sheldon é o criador de uma famosa personagem literária chamada Misery, e dedicou os últimos anos de sua vida escrevendo esses romances populares (ao melhor estilo Sabrina, saca?), mas por fim resolveu dar um ponto final naquela história e escrever outras coisas. Ao terminar seu novo livro em um afastado chalé nas montanhas, Sheldon sofre um terrível acidente de carro ao voltar para Nova York durante uma tempestade de neve e é resgatado por Annie, que presta atendimento médico ao escritor em sua própria casa, em uma fazenda isolada.

#chatiadíssimo!

Wilkes vive por Misery, que é a inspiração de sua vida e por conseguinte é completamente obcecada pelo escritor. No começo ela presta toda a assistência necessária a sua recuperação, mostrando-se uma solitária, carente e solícita mulher. Mas conforme o filme vai avançando, vamos descobrindo a verdadeira face psicótica da enfermeira. E é aí que Bates brilha, e brilha muito em Louca Obsessão. As mudanças de humor, em ataques bipolares incríveis, e seus requintes de loucura e crueldade carregam toda a tensão do filme, que vai se tornando cada vez mais angustiante com o passar do tempo, exatamente por você não ter ideia do que aquela surtada pode fazer na sequência. E a famosa cena da marreta, meu amigo… Doeu até em mim, quando assisti da primeira vez. E olha que ela é bem menos violenta do que originalmente escrito por Stephen King no livro.

Os personagens secundários, como o xerife (Richard Farnsworth) e a agente literária de Sheldon (a veterana Lauren Bacall) tem poucas, mas efetivas participações para completar o todo. E vale também ver James Caan, um ator atlético e acostumado a papeis físicos, interpretando um inválido que até tenta bolar planos mirabolantes para escapar, mas come na mão da enfermeira e se sente impotente quase sempre. É um filme de atores definitivamente, que vão seduzindo o espectador, cada qual a sua maneira.

E fica também, no cerne da discussão, o princípio da idolatria e até onde vai a loucura e o exagero dos fãs, e o quanto sua vida quanto pessoa pública famosa pode se transformar em um pesadelo graças a eles. Stephen King mesmo já passou maus bocados por conta disso. E uma mórbida curiosidade é que um desses fãs malucos chegou a invadir a casa de King, anunciando que estava de posse de uma bomba, para explodir tudo pelos ares, acusando-o de roubar uma história de sua tia, que seria no caso, “Angústia”, o conto que deu origem a Louca Obsessão.

Até no SUS o tratamento é melhor!

Serviço de utilidade pública:

O DVD de Louca Obsessão está atualmente fora de catálogo. Compre o Blu-Ray aqui.

Download: Torrent + legenda aqui.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=ptpaEntid74]


Marcos Brolia
Marcos Brolia
Jornalista, editor e idealizador do 101HM, é fanático por filmes de terror (ah, vá!) desde que se conhece por gente, dos classudos aos mais bagaceiras. Adoraria ter um papo de boteco com H.P. Lovecraft e virar um shot toda vez que ele falasse a palavra “indizível”.

15 Comentários

  1. […] O mendigo pede ajuda para uma prostituta velha e decadente, Sade (Ann Sothern, outrora grande estrela da MGM) para fazer a rapa na residência da Sra. Hilyard, mas chama a atenção de uma gangue de três criminosos psicóticos, que resolvem pilhar a casa toda para eles (como é o ditado? Ladrão que rouba ladrão…), e torturar tanto fisicamente o mendigo e a prostituta, quando psicologicamente a velha viúva presa em sua jaula. Detalhe para o líder da gangue, Randall Simpson O’Connel, primeiro papel do cinema de um jovem James Caan, futuramente indicado ao Oscar® e ao Globo de Ouro por O Poderoso Chefão, e que depois iria sentir na pele como é ser inválido e ameaçado em Louca Obsessão. […]

  2. Luis disse:

    O link está quebrado.

  3. Janperson disse:

    Galera achei o filme dublado em 720p, Otma qualidade pelo MEGA,
    LINK:
    https://mega.co.nz/#F!c5B1AbBa!1-MUMoYwi5ZyL6EL9zIdaA

  4. Janperson disse:

    Galera achei o filme dublado em 720p, Otma qualidade pelo MEGA, podem atualizar o de vcs por esse aqui é de boa.
    LINK:
    https://mega.co.nz/#F!c5B1AbBa!1-MUMoYwi5ZyL6EL9zIdaA

  5. Clausner disse:

    Um dos melhores filmes de suspense que já assisti. Tão tenso quanto “O que terá acontecido a Baby Jane?” Filmaço.

  6. Podia rolar uma paródia desse com George Lucas como personagem inválido

  7. […] pela sua atuação visceral, assustadora, descontrolada e psicopata da enfermeira Annie Wilkes em Louca Obsessão, baseado em um livro de Stephen King e sabidamente um dos melhores filmes inspirados em sua obra. A […]

  8. […] Noturno está anos luz dos clássicos como O Iluminado, Carrie – A Estranha, Louca Obsessão, Cemitério Maldito e tantos outros. Porém faz um voo cruzeiro, sem turbulências, mas também sem […]

  9. […] Douglas no clássico do Supercine, ou outras mulheres malucas do cinema como a Annie Wilkes de Louca Obsessão ou a Montse de […]

  10. […] programação, serão exibidos na tela grande os filmes Louca Obsessão, Colheita Maldita, Conta Comigo, Fenda no Tempo e Cemitério Maldito, além de dois longas […]

  11. […] Louca Obsessão: Adaptação de um livro de Stephen King sobre uma mulher obcecada que sequestra e tortura brutalmente um homem inocente. Deve ser terror… não, é um “Suspense”. […]

  12. […] vai). Aqui, lembramos de quando ele foi acusado de plágio por Angústia, o livro que deu origem a Louca Obsessão. Pois bem, Shooter diz que ele “roubou sua história”  e arruinou o seu final, e começa a […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *